1º de Maio – Dia de Luta

      No dia 1º de maio, O SindForte, como o faz sempre, encampou o sentimento dos trabalhadores e mesmo antes de comemorar ou ir à confraternização do Dia do Trabalhador, foi primeiro às ruas para marcar seu posicionamento nos protestos por mais Saúde, mais Transportes, mais Educação, mais Segurança para o trabalhador e consequentemente para o povo do Rio Grande do Norte.

       O SindForte tem se notabilizado por suas lutas aguerridas na defesa dos interesses da classe e, neste mês de maio fez sua retrospectivas dos últimos três anos de fundação, começando logo no dia 1º, com uma confraternização na AVIP, onde foi lançado o jornal a VOZ do SindForte, um boletim e o novo site, dentre as celebrações o foco foi valorizar a categoria, a qual se mostra coesa e unida nas lutas diárias.

        Neste dia foi proporcionado aos seus associados e seus familiares momentos de lazer, confraternização e reflexão sobre os últimos 3 anos. As comemorações começaram logo às 7 da manhã com um torneio de futebol, piscinas para crianças e duas banda tocando para os presentes. Várias personalidades foram prestigiar o evento, dentre elas o senhor vereador de Natal, Marcos Antônio (Psol), o ex- presidente do Sindvigilantes, senhor Iran Marcolino e o presidente da CNTV, senhor José Boaventura, veio participar juntamente com o presidente do SindForte, senhor Tertuliano Santiago, sua diretoria e toda a categoria dos vigilantes do RN.

         Um dos momentos mais marcantes foi quando o SindForte, na pessoa de seu presidente entregou ao senhor José Ostivam Lourenço uma placa de “O MELHOR VIGILANTE DA CATEGORIA DO RIO GRANDE DO NORTE”, além disso, foi informado que a sua aposentadoria acabara de chegar.

          O dia foi de relatos emocionantes onde se pode perceber a satisfação da categoria com o desempenho da direção do SINDFORTE/RN, que nas palavras do presidente e de todos os diretores ficou claro que q motivação maior é justamente a confiabilidade depositada nesta diretoria. “Não é o fim, mas o começo de uma longa jornada a ser percorrida por nós sindicalistas, pois não podemos baixar a guarda no tocante aos diretos do trabalhadores, pois a classe patronal foi, é e o será sempre omissa, a esses direitos, ela quer trabalhadores qualificados, porém por outro lado não quer pagar o justo. Hoje sim é um dia comemoramos, tivemos muitas vitórias, só não podemos pensar que isso basta, temos que olhar na direção do futuro, e o futuro será de lutas, sem dúvidas”, finalizou Tertuliano Santiago, presidente do SindForte.

SEPARADOS SOMOS FRACOS , JUNTOS SOMOS FORTES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *