PROSEGUR NATAL  PRESSIONA TRABALHADORES AFASTADOS POR ASSALTO

PROSEGUR NATAL PRESSIONA TRABALHADORES AFASTADOS POR ASSALTO

Na manhã deste quinta-feira,16, o SINDFORTE/RN, esteve presente na frente da empresa PROSEGUR, para defender  os trabalhadores desta empresa, onde a mesma insiste em maltratar os seus funcionários. Desta vez o fato se deu com os componentes da guarnição do ocorrido no ultimo dia 30 de junho , onde uma guarnição desta empresa encontrava-se em uma operação de coleta de um SUPERMERCADO DA AV. PRUDENTE de MORAIS e sofreram um assalto onde integrantes desta guarnição tiveram a perícia de saírem ilesos do fato ocorrido sem que sofressem nenhum dano físico, porém após o fato o sindicato dos trabalhadores passou a acompanhar todos os passos com os trabalhadores para que eles tivessem o respaldo jurídico necessário.

Após serem ouvidos em depoimento na DEICOR( Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado) os funcionários ainda muito abalados psicologicamente  com o acontecimento ´´ a empresa ligou uma noite antes às 22:00 para os quatro vigilantes para dizer que era para entregar um laudo médico para eles se afastarem e que na verdade quando chegaram na empresa trancaram os funcionários dentro de uma sala coagindo-os para interroga-los novamente para fazer uma nova oitiva interna, pela segunda vez sem contar o da polícia civil e perguntaram aos  companheiros para saber se eles tinham mais alguma coisa a dizer sobre o ocorrido “ (disse o funcionário da administração que os interrogou)  sem ter a capacidade para tal e sem que os mesmos pudessem levar um advogado ou algum representante do sindicato para acompanhar a oitiva. O mesmo funcionário denominado pelos trabalhadores de ( CAPITÃO DO MATO ), disse que analisou o vídeo do assalto e disse que encontrou falhas no procedimento da guarnição onde os procedimentos estavam corretos e onde todos fazem do mesmo jeito a dez anos e nenhum inspetor observou que tinha erro, o mesmo quis dizer que era para os funcionários terem reagido a ação dos criminosos onde os mesmos encontravam-se com o poder de fogo inferior ao dos meliantes .

O SINDFORTE não permitirá que nenhum gestor possa vir a desrespeitar ou fazer pressão psicológica a qualquer  trabalhador desta empresa e sabemos que essa prática não é local más também a nível internacional, portanto o SINDFORTE continua de olhos abertos e acompanhando de perto para que nossos trabalhadores não sofram nenhum assédio pelos patrões e agradece aos companheiros da CIASP e o companheiro Iran Marcolino assessor da CNTV, pelo apoio.

 

SEPARADOS SOMOS FRACOS, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS

Related Posts