SINDFORTE-RN BUSCA JUSTIÇA E A PROSEGUR E CONDENADA POR DANOS MORAIS

Em uma tentativa de assalto ocorrida no dia 09 de maio de 2017 contra uma guarnição de carro forte da empresa Prosegur um vigilante foi feito como escudo humano pelos bandidos em fuga após uma troca tiros com a guarnição , logo após essa situação desesperadora sofrida pelos trabalhadores a empresa Prosegur não deu sequer uma assistência psicológica aos trabalhadores envolvidos na ação, em principal ao que foi feito de escudo humano,  o mesmo se sentiu desamparado pela empresa, por outro lado foi acompanhado de perto pela entidade de classe Sindforte-RN que encaminhou o trabalhador para o CEREST-RN centro de referência de saúde do trabalhador , onde o mesmo ainda se encontra afastado em tratamento médico.

Em decisão ocorrida no dia 11 de fevereiro de 2019 a juíza da 5º vara do trabalho da 21º região DRª Anne de Carvalho Cavalcanti julgou procedente e favorável o dano moral sofrido pelo trabalhador.

SEPARADOS SOMOS FRACOS UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *