RN SEGURANÇA DESCUMPRE DECISÃO DA JUSTIÇA

 

 

 

No dia 24 de setembro de 2015, às 15:00hs, na sede da Procuradoria Regional do Trabalho da 21ª Região, o SINDFORTE/RN,  esteve em audiência com os seus representantes, Tertuliano Santiago – presidente, e Márcio Figueredo – vice-presidente e a empresa RN segurança com os seus representantes – Caio Roberto proprietário da empresa e o Sr. Alencar Araújo,  na presença do Procurador Dr. Fábio Romero Aragão.

Foi colocada em pauta o artigo 69 da Portaria 3233/2012 da Polícia Federal que exige o mínimo de 08 (oito), vigilantes em extensão em Segurança Pessoal e 08(oito) vigilantes com Escolta Armada, onde a empresa já vem praticando o serviço sem estar de acordo com a portaria acima citada.

O Procurador Fábio Romero perguntou aos representantes da empresa se eles tinham entendido o que estava sendo reivindicado pela entidade e que a empresa teria que se adequar  a Portaria no prazo de máximo de 30 dias.

Os representantes da empresa RN segurança afirmaram que sim e o Procurador  deu um prazo a mais de 05(cinco) dias para a implementação das adequações e ainda mais, o Procurador pediu que a empresa apresentasse  ao sindicato a documentação da comprovação de que a empresa estava já fazendo a recomendação do Procurador.

O SINDFORTE/RN, permanece atento e fiscalizando os atos e ações das empresas que sempre querem se favorecer trabalhando as margens da lei, isso é tão verdade que esta empresa continua descumprindo a decisão do Procurador, tendo em vista que, o sindicato obreiro já protocolou duas petições ao MPT(Ministério Público do Trabalho), informando que até a presente data a empresa não  apresentou o que foi acordado em audiência.

Estamos aguardando a decisão por parte do órgão MPT, sobre a discussão do tema abordado.

 

SEPARADOS SOMOS FRACOS, UNIDOS SOMOS FORTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *