SINDFORTE/RN ATRAVÉS DA JUSTIÇA, REINTEGRA TRABALHADOR DEMITIDO POR JUSTA CAUSA, INJUSTAMENTE

Após o SINDFORTE/RN, tomar ciência que um trabalhador tomou uma justa causa injustamente, fato ocorrido na unidade da Prosegur Mossoró, no dia 01/08. Prontamente o sindicato se mobilizou, para fazer um ato de advertência em defesa do trabalhador Juscelino Lindemberg Fernandes um dos trabalhadores do fato ocorrido no dia 14/03 em uma ação criminosa por bandidos na região do auto Oeste ao carro forte desta empresa, na cidade de Mossoró/RN, e que estava afastado fazendo tratamento psicológico e foi  demitido por justa causa injustamente pela gestão da empresa Prosegur,  no dia em que voltaria as suas atividades laborais, ainda que o próprio INSS ter dado o deferimento do auxílio doença acidentário, obviamente por considera-lo inapto para o trabalho, o SINDFORTE/RN, acionou o seu departamento jurídico para que impetrássemos com uma ação tutelar antecipada de reintegração do trabalhador Juscelino as suas atividades sem perca de danos.

Para a felicidade da FAMÍLIA SINDFORTE/RN, no dia 07 deste mês saiu a sentença da ação posta em defesa do trabalhador Juscelino Lindemberg Fernandes pelo juiz do Trabalho, Vladimir Paes de Castro que dá o deferimento em favor do trabalhador determinando que a Prosegur, no prazo de 05(cinco) dias, reintegre-o ao seu posto de trabalho, reavendo seus salários, sob pena de multa, arbitrada em R$ 1.000,00, por dia de atraso do cumprimento desta ordem, limitada por trinta dias, ressaltando que em caso de descumprimento da decisão, o juízo adotará instrumentos mais severos para impor a Prosegur o cumprimento da ordem judicial, podendo até restar configurado  o cometimento de crime de desobediência tendo como consequência a possibilidade de prisão do encarregado pelo setor de recursos humanos e envio de ofício ao Ministério Público Federal para fins de fundamentação de uma futura ação penal em face do envolvido.

SEPARADOS SOMOS FRACOS, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *