MAIS UMA VITÓRIA PARA A CATEGORIA DO SINDFORTE/RN

 

Após a negociação salarial deste ano que foi em março, o SINDFORTE/RN obteve um percentual salarial de 11,08% para toda a sua categoria. Pesquisas entre categorias de trabalhadores mostra que 60,2% das negociações salariais tiveram reajustes abaixo da inflação,   ´´observamos que a nossa categoria teve um bom aumento devido a crise já instalada no nosso país, e que conseguimos segurar o emprego de todos os trabalhadores de nossa categoria sem fazer atos de paralisação nas empresas, mesmo os patrões nos provocando para que o sindicato laboral fizesse algo que eles pudessem justificar uma demanda de desemprego e colocar a culpa no sindicato onde a preocupação do sindicato é a manutenção dos empregos dos trabalhadores“ disse Márcio Figueredo- presidente do Sindforte/RN.

O desemprego chegou a alcançar 11,2% no âmbito  nacional no trimestre encerrado em abril, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). TAXA DE DESEMPREGO Fonte: IBGE

O Rio Grande do Norte tem a segunda maior taxa de desocupação do Brasil. Segundo dados divulgados no último dia 19 de maio pelo (IBGE), o estado registrou uma taxa de 14,3% de desocupação no primeiro trimestre do ano. O número corresponde a 217 mil pessoas.

Em fim, mediante este senário lamentável de crise financeira que estamos vivendo no nosso país, o SINDFORTE/RN  conquista junto a empresa BRINKS,  para fins de aplicação sobre o salário já reajustado,  mais um percentual de 10,81% que somado ao percentual da data base de 11,08% aumentará para 21,89% exclusivamente para o setor da NUVAL (Núcleo de Valores) para os cargos de: (Conferente de Numerário, Operador de Máquina e Informação de Numerário), este percentual será aplicado sobre o salário base das funções a cima citadas a partir de 01/08/2016.

O SINDORTE/RN, parabeniza todos os trabalhadores da BRINKS por esta vitória  principalmente os trabalhadores da  NUVAL, que acreditaram na diretoria do seu sindicato pelo seu trabalho e dedicação em ter vencido mais esta luta e afirma  que só foi possível esta conquista porque os trabalhadores estão unidos em busca dos nossos direitos.

 

SEPARADOS SOMOS FRACOS, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *